Arquivo de etiquetas: EMBRACE THE FUTURE

UM COMPASSO DE ESPERNAS

GENTS | YOUNG AGAIN

É sempre tudo amanhã, sabes bem,
Sabes tão bem como a água salgada,
Água salgada que se faz tarde,
Faz-se tarde, há que recolher, é obrigatório.
Obrigado, muito obrigado, mas que remédio?
Mas que remédio nos vai salvar afinal?
Vai salvar e… porquê e de quê, no final?
No final iremos padecer dos mesmos caprichos?
Caprichos leva-os o vento, palavras para quê?
Para quê tanta esperança se é sempre tudo amanhã?

É sempre tudo para hoje, urgência desmedida,
Desmedida seja a vontade de parar e respirar,
Respirar, sim, deixar passar hoje sem o fazer,
Sem o fazer… diz ela em tom de provocação,
Por vocação vai qualquer um que seja obrigado,
Obrigado, mas não quero, tenho sonhos combinados,
Combinados estamos todos com a morte, sem falta.
Sem falta não se lhe dá o valor que merece.
Merece a rapariga tudo aquilo que parece?
Creio que apenas tem mais passo que perna.