Arquivo de etiquetas: NESSUM DORMA

A ORQUESTRA A AMANHECER NO INVERNO

HAUSER & LONDON SYMPHONY ORCHESTRA | NESSUN DORMA

O violoncelo é um poeta,
De voz grave, rouca,
Capaz de adormecer um elefante;
Um homem possante.

Capaz de nos fazer imaginar uma manada de búfalos,
Levantando toda a poeira da savana africana,
Ainda assim ouvindo-se apenas um melódico troar,
Ao longe, tão longe que só o coração pode alcançar.

O violoncelo é aqui uma voz que não treme,
Numa ópera de lágrimas a chover lá fora,
É o maestro e homem do leme.
E as gentes de corações encostados às cadeiras.

Pode ser apaziaguador, violento,
Tempestade e tormento,
Mar revolto ao fundo, todo ele em vagas.
Que eu deixo-me aqui toda a vida de hoje